O que é nuvem híbrida?

Nós já publicamos um artigo sobre todos os tipos de nuvem, inclusive falando sobre essa solução, mas a nuvem híbrida merece atenção especial, a união do melhor da nuvem pública e da privada em uma infraestrutura com baixos custos pode ser a solução ideal para seu ambiente, descubra porque.

nuvem híbrida

A perfeita combinação que ocorre no ambiente de nuvem híbrida (Hybrid Cloud) é a junção do ambiente público (Amazon, Google, Azure, entre outros) com o ambiente privado, estruturado sob demanda em um data center. Os ambientes públicos e privados funcionam de maneira independentes e conectam entre si quando necessário. Assim, para dados com maior nível de segurança ou maior privacidade utiliza-se o ambiente privado, porém para dados que podem/precisam ser compartilhados mais facilmente, como é o caso de um aplicativo móvel, utiliza-se o ambiente de nuvem pública. Esse sistema costuma ser usado por organizações varejeiras, jurídicas e financeiras.

A segurança dos dados costuma ser o fator que mais pesa nesse balanceamento, e usualmente se atribuía o fator segurança à nuvem privada devido à falta de contato externo, entretanto, dados que precisam de constante monitoramento e backups geram altos custos e carecem de expertises e ferramentas que a empresa não possui, sendo muito trabalhosos. Dessa forma, a nuvem pública aborda o problema com grandes capacidades de gestão da segurança da informação, além de terem uma marca a zelar, o que pode tranquilizar o tomador de decisões ao contratar o serviço.

A alta performance do sistema de nuvem híbrida é garantida com a otimização de processos internos sem grandes alterações na operação, sendo assim, mesmo durante a migração para a nuvem pública, sistemas e serviços essenciais para o andamento da empresa são mantidos em nuvem privada. Com isso, os gerentes de TI também têm mais autonomia para controle dos componentes do que em casos de apenas nuvens públicas, nas quais atualizações de sistema podem comprometer configurações pré-existentes.

Ofertas de nuvem pública por si só não facilitam a integração com hardwares no local. Dispositivos como impressoras, scanners, aparelhos de fax e dispositivos de segurança física, como câmeras de segurança, sensores de incêndio e outros, podem não ser interessantes para adoção da nuvem pública. Em vez de isolar esses dispositivos de missão crítica do resto da rede da organização, usar um componente de nuvem privada resolve o problema.

Outro aspecto é que, ao se conectar a uma nuvem pública, a empresa facilita o processo de BYOD, essa mobilidade corporativa é garantida ao separar redes e utilizar soluções baseadas em nuvem, os colaboradores querem utilizar serviços de fora da empresa também, e esse controle e liberação, antes complexos, são facilitados nessa integração.

Prever os gastos e diminuir os investimentos são fatores que também influenciam a utilização de uma nuvem pública, uma vez que, no data center privado, não só o custo operacional será feito, mas o gasto com capital também é um investimento alto.

Como implantar

Ok, você está satisfeito com a solução híbrida, mas existem diferentes maneiras de implantar essa infraestrutura em sua organização, são elas:

  • Utilizar provedores de nuvem para fornecer serviços privados e públicos (VMware, Citrix, Azure, AWS, Google Cloud) em um serviço integrado, dessa forma, você instala um data center com vServer por exemplo, e utiliza serviço em nuvem como o da Azure (Microsoft);
  • Apenas um provedor de nuvem que já ofereça nuvem híbrida, como o VMware com AWS, esse ambiente de nuvem híbrida baseado na VMware permite um conjunto diversificado de casos de uso, incluindo expansão da capacidade regional, recuperação de desastres, migração de aplicativos, consolidação do data center, desenvolvimento de novos aplicativos e capacidade de pico, com consistência operacional completa e portabilidade contínua da carga de trabalho;
  • Caso a sua nuvem privada seja terceirizada, contratar um serviço de nuvem pública pela mesma organização, tornando o sistema da sua empresa em nuvem híbrida.

Você pode descobrir mais sobre a base para a nuvem híbrida abaixo:

 

Leia também...