A Dell EMC implantou uma nuvem híbrida definida por software para entregar seus serviços mais rápido.

A Dell EMC começou sua transformação de data center com a virtualização da VMware, primeiro consolidando e depois convergindo a infraestrutura. Hoje, a empresa implementa, definida por software, infraestrutura de nuvem híbrida empresarial com VMware vRealize® Suite para gerir o ambiente em nuvem e entregar serviços de TI por um portal self-service. Com provisionamento automático utilizando a plataforma vRealize, reduziu o tempo necessário para prover recursos de TI de 45 dias para entrega no mesmo dia, entregando maior velocidade e agilidade ao negócio.

A Dell EMC, uma parte da Dell Tecnologias, habilita organizações a modernizar, automatizar e transformar seus data centers utilizando infraestrutura convergida, servidores, armazenamento e proteção de dados líderes na indústria. Provendo assim uma fundação confiável para os negócios transformarem o departamento de TI, pela criação de uma nuvem híbrida e com a transformação pela criação de aplicativos e soluções em big data nativas da nuvem. Atende a consumidores ao redor do mundo, 180 países, incluindo 98% da lista da Fortune 500, com o portfólio mais compreensivo e inovador da indústria, de ponta a ponta.

O desafio

Gerenciar 7 data centers ao redor do mundo não é uma tarefa fácil. Como pode confirmar Paul DiVittorio, diretor sênior de infraestrutura em nuvem na Dell EMC. “Nós rodamos aplicações dando suporte aos nossos 70000 usuários internos 24/7, ao redor do mundo”. “Nós rodamos algo próximo de 20000 máquinas virtuais e armazenamos mais de 40 Petabytes de dados”.

Para acompanhar as necessidades em constante mudança de seu negócio, a Dell EMC embarcou em uma transformação de data center ambiciosa. Tendo começado a jornada com a virtualização da VMware, primeiro consolidando e depois convergindo a infraestrutura, “Nós agora somos 98% virtualizados e poupamos gastos enquanto otimizamos nosso ambiente de TI”, diz DiVittorio.

EHC Dell EMC

 

Hoje a companhia está implantando uma infraestrutura de nuvem híbrida empresarial, com VMware vRealize no centro de referência de toda a arquitetura. “Agora é a hora de continuar nossa evolução para a automação de data center e o IT as a service” (TI como serviço), explica DiVittorio. A Dell EMC era sobrecarregada com longos processos ao prover serviços, quando 85% das tarefas de TI eram manuais. “Nosso objetivo é tornar o esforço manual em automático”. Maior automação permitira ao departamento de TI acelerar o provisionamento de novos serviços de TI e se tornar um verdadeiro provedor de serviços. “Queremos dar a nossos consumidores internos (trabalhadores da Dell EMC) uma experiência ainda melhor do que teriam com provedores de serviços em nuvem externos”.

Parte da visão da nova infraestrutura era a de implementar o retorno completo dos investimentos, indo de um modo menos economicamente viável e guiado pelas despesas de capital em cada compra de novos servidores para novos projetos à um modo de despesas operacionais em que a TI retorna os reais custos de rodar as aplicações para o departamento da Dell EMC usando a própria aplicação. Isso ajuda departamentos da Dell EMC a tomar melhores decisões sobre seus gastos com TI.

A solução

Para dar suporte ao modelo IT as a service (ITaas, TI como serviço), DiVittorio e seu time precisavam construir uma infraestrutura com armazenamento definido por softwarerede virtual, segurança e com capacidade de retorno total do investimento. O resultado desse esforço foi a criação do que a Dell EMC chama Enterprise Hybrid Cloud (EHC, Nuvem Híbrida Empresarial). Essa solução é baseada na arquitetura definida por software do data center da VMware e no Dell EMC ViPR, uma solução de armazenamento definida por software, a plataforma EHC é consolidada, dimensionável, em camadas, multi-inquilinos e 100% virtualizada.

Adicionalmente, para tomar vantagem da infraestrutura em nuvem do VMware vSphere® e do VMware NSX® virtualização de redes para conexões de rede e segurança, a Dell EMC implantou soluções dentro do VMware vRealize Suite, incluindo: VMware vRealize Operations™ pelo gestor de operações, VMware vRealize Automation™ pelo gestor automatizado, VMware vRealize Log Insight e VMware vRealize Business™ pelo padrão em nuvem. “É um conjunto de softwares com pré-engenharia que trabalha junto”, diz DiVittorio, “nós definitivamente queríamos uma abordagem com algo entre comprar e construir nossa infraestrutura de nuvem”.

A nova infraestrutura provém uma solução ITaas (TI como serviço) compreensiva para gerenciar operações no dia-a-dia, incluindo identificação de problemas, planejamento de capacidade, monitoramento de performance e atribuição de cargas de trabalho. Isso também permite à Dell EMC a rapidamente provisionar e entregar serviços em rede e seguros que funcionam atendendo às expectativas dos serviços de computação e armazenamento, tudo de apenas um painel. “Todas as novas aplicações e serviços serão provisionados pelo nosso ambiente EHC”. “Hoje nós estamos desenvolvendo o ambiente para nossos praticantes de TI, usando o vRealize Automation catalog como portal para que eles possam consumir serviços de TI”.

É um ambiente construído com o propósito da automação. “Nós estamos usando o VMware vRealize Suite para automatizar tudo envolvido na entrega dos serviços de TI”. “Por exemplo, vRealize Automation conversa com o vRealize Operations para descobrir qual cluster tem capacidade para uma nova máquina virtual Linux”. Uma vez que TI desenvolve modelos de automação, vRealize Automation vai se comunicar com o Dell EMC ViPR para provisionar armazenamento de acordo com a demanda quando necessário. Isso significa “não ter mais que adivinhar quando e onde precisamos de armazenamento”.

Benefícios e resultados do negócio

Com a automação, DiVittorio espera que o tempo de provisionamento caia drasticamente. “Nós estamos construindo as plantas e modelos que nos permitirão entregar uma máquina virtual pronta para uso em questão de minutos”, diz ele. “Antes, prover o que chamo de serviço útil, com autenticação, balanceamento de cargas, armazenamento, firewall e mais, levaria 45 dias. Com a automação, encolhemos isso para uma entrega no mesmo dia”. Isso dá às unidades do negócio mais flexibilidade para reagir rapidamente à novas oportunidades.

Adicionalmente ao provisionamento rápido, o EHC ajuda a Dell EMC na entrega de uma melhor experiência de usuário para seus usuários internos, “com vRealize Automation, nós podemos abstrair detalhes sobre recursos e simplificar nossas ofertas”. “Se um cliente precisa de estrutura com aplicação em três camadas, nós podemos criar um modelo para que tudo que ele precise fazer é apertar um botão”. Agora os desenvolvedores que precisam de recursos de TI podem ter certeza que o modelo provisiona tudo que podem precisar.

Outro grande benefício para a Dell EMC é o gerenciamento automático do ambiente de nuvem híbrida. “Queremos que o sistema tome decisões em tempo real para nós”, diz DiVittorio, “com vRealize Suite, podemos definir as características da performance e deixar que a plataforma mantenha esses objetivos de performance”. Isso habilita a Dell EMC a oferecer diferentes níveis de serviço para requerimentos de negócio variáveis sem precisar de pessoal de TI adicional para gerenciá-los.

A análise em tempo real que o vRealize entrega ajuda a Dell EMC a tomar melhores decisões e poupar dinheiro. “Nós temos mais insight sobre nossa capacidade do que tínhamos três anos atrás”. “Isso nos ajuda a tomar decisões mais inteligentes sobre quando e qual hardware comprar. Só no ano passado, evitamos comprar 100 servidores porque tínhamos capacidade ajustada e melhor gerenciamento da performance de balanceamento de carga através do vRealize Operations”. Através desse balanceamento de cargas aprimorado, da detecção de problemas e do planejamento da capacidade, a Dell EMC atingiu a otimização de utilização de 80%.

Tomadas de decisão baseadas em melhores informações graças ao EHC se estendem além do time de data center. “Ao implementar capacidades de retorno total do investimento para 90% das nossas despesas operacionais, estamos dando aos nossos consumidores internos informações reais sobre quanto custam as aplicações”. “Assim, podem tomar decisões melhor embasadas sobre como estão investindo suas finanças”, diz DiVittorio.

Olhando à frente

Para DiVittorio, a relevância e sucesso do departamento de TI da Dell EMC é dependente do engajamento e resposta aos requisitos do negócio. “Temos que antecipar as necessidades do negócio e estar prontos para dar suporte à elas antes que ocorram”, “isso significa que velocidade e agilidade são nossas prioridades agora e no futuro”. Com sua solução EHC baseada em VMware, a Dell EMC tem controle, velocidade e agilidade necessários para responder rapidamente às expectativas do futuro.

Fonte: https://www.vmware.com/content/dam/digitalmarketing/vmware/en/pdf/customers/VMware-DellEMC-16Q4-vRealize-CS-Fnl2.pdf

 

Leia também...